16
Abr
2019

Revolução da organização de parafusos na loja de material de construção

    Olá. Hoje vim aqui escrever a respeito de algo que nos chamou muita atenção há algum tempo, e posteriormente virou um dos nossos produtos de mais sucesso.   Nas minhas viagens procuro sempre visitar as lojas dos principais Home Centers do Brasil, um dos motivos é que alguns são nossos clientes e o outro é que eles sempre lançam tendência em relação a organização de loja e formatos de venda. Uma das coisas que mais me chamou atenção foi a forma que eles vendem parafusos.   Por serem lojas grandes e todas em formato de auto-serviço, fica inviável vender parafusos a granel pois o controle de estoque é difícil, o cliente não consegue se servir sozinho porque o produto não tem código de barras, enfim um produto de baixo valor agregado fica difícil de se vender sozinho.     MANEIRA ANTIGA DE VENDER PARAFUSOS      > PRODUTOS SEM CÓDIGO DE BARRAS    > BAIXO CONTROLE DE ESTOQUE    > FURTO E PERDAS DE PRODUTOS    > NECESSIDADE DA AJUDA DE UM VENDEDOR    > VISUAL NADA ATRATIVO    > NECESSIDADE CONSTANTE DE ORGANIZAÇÃO     Revolucionando a venda de parafusos O que eles fizeram? Passaram a vender os parafusos encartelados em pequenas quantidades. Dessa forma o cliente consegue comprar o que precisa sem ajuda de nenhum vendedor (É claro, os vendedores estão sempre lá para ajudar e tirar dúvidas). Contudo, nesse formato, o produto passa a ter código de barras, o cliente rapidamente escolhe já passa no caixa e o controle de estoque da loja fica muito mais organizado. Isso me saltou aos olhos e percebi que não tinha empresas fazendo esse serviço, de forma satisfatória, para lojas de porte grande em cidades menores.     GOMA Bric Foi assim que surgiu a linha GOMA Bric, uma forma diferente das lojas de materiais de construção venderem parafusos. Um jeito mais convidativo aos olhos do cliente, algo que desperte seu interesse e o induza a comprar.   Utilizando o expositor Goma Bric, os parafusos ficam muito mais organizados e convidativos para compra. Pode-se ver um exemplo na foto abaixo.   Expositor Goma     Nossa linha de parafusos Goma Bric disponibiliza um expositor onde através de um único lugar consegue oferecer todos os tipos de parafuso para seu cliente. Assim, os tipos e tamanhos ficam organizados e catalogados, ficando fácil de o vendedor vender ou de o cliente achar um parafuso específico.   VANTAGENS EXPOSITOR GOMA BRIC: A - TODOS OS PARAFUSOS ORGANIZADOS EM UM SÓ LUGAR; B - EXPOSITOR BONITO QUE CONVIDA O CLIENTE A COMPRAR; C - VENDA RÁPIDA, AGILIDADE PARA O VENDEDOR E SATISFAÇÃO PARA O CLIENTE.   Outra grande vantagem é ter um mix de produtos que realmente giram. Nós fizemos uma pesquisa prévia dos produtos que mais vendem e oferecemos somente o que acreditamos ser necessário para loja. Deixamos nossos cliente a vontade para montar seu mix e também sugerir outros produtos para adicionarmos na linha!    
    Guilherme Zanini Sócio Proprietário GOMA    
20
Jun
2018

Goma Bric: Uma linha que entende você e o seu cliente

    Olá, tudo bem?   Hoje queremos aprofundar um pouco mais com você sobre os principais produtos que dispomos na nossa linha GOMA Bric e que são fundamentais na sua loja de construção, mercado, dentro das necessidades dos seus clientes. Como já foi abordado em outros artigos, a linha GOMA Bric tem como objetivo atingir o público que precisa solucionar algo rápido em casa; como pendurar um quadro, instalar um varal, uma cortina, ou seja, manutenções rápidas e que requerem pouco material. Pensando nessa proposta, projetamos alguns kits bem usuais e os transformamos em produtos de fácil comercialização e funcionalidade. São parafusos e ganchos com buchas e parafusos com porcas e arruelas. Todos prontos em um pacote para que o consumidor resolva sua demanda mais rapidamente dentro da sua necessidade. Alguns dos nossos produtos são:  
Parafuso Chipboard + Bucha São conjuntos de parafuso com bucha. Devido à grande utilização do parafuso chipboard ele se torna um produto barato para ser utilizado em sistemas de fixação simples que não requeiram muita resistência mecânica. Apesar de o parafuso chipboard ter sido desenvolvido para utilização direto na madeira, ele também funciona com bucha, só não garante a mesma resistência que os parafusos auto atarrachantes.   Parafuso auto atarrachante + Bucha Esses kits são de parafusos auto atarrachantes com cabeça panela zincados e com bucha. São materiais desenvolvidos para serem utilizados com bucha, possuem aplicação versátil, podendo ser usados para instalação de diversos objetos em casa, como pendurar um gancho de rede, uma cortina ou até mesmo um quadro, dando assim um excelente acabamento final por ter cabeça panela. Parafuso cabeça sextavada + Bucha Os parafusos cabeça sextavada são ótimos para as aplicações que requerem maior resistência, por esses possuírem maior torque e garantirem precisão aos objetos instalados. Dispomos 3 tipos de kits, com buchas M8, M10, M12, cada um pensado em aplicações que requerem diferentes tipos de resistência. São ideais para instalações de antenas, suportes de ar-condicionado, suportes para televisão, etc.   Conjunto de parafuso rosca máquina cabeça panela + arruela + porca Todos os Conjuntos de parafusos rosca máquina cabeça panela + porca + arruela são phillips e em polegadas. São ideais para juntar duas peças, normalmente sendo elas metálicas.   Conjunto de parafuso rosca máquina cabeça sextavada + arruela + porca Os conjuntos de parafusos rosca máquina cabeça sextavada com porca e arruela, conseguem mais aperto devido a cabeça sextavada. Todos os conjuntos são de medidas em polegadas.   Gancho + Bucha Os Kits de gancho com bucha podem ser utilizados como dispositivos para fixação de trava de segurança; içar ou pendurar objetos, e também, quando aplicados em paredes de alvenaria, servem como bucha de expansão. Dispomos de dois tamanhos, bucha M8 e M6. Pitão + Bucha Os Kits de pitão com bucha são ideais para fixação de elementos de apoio em paredes de alvenaria (entre outros), pois proporcionam segurança e firmeza nas instalações. Podendo também serem utilizados para fazer um varal de roupas. Dispomos de dois tamanhos, bucha M8 e M6.   Escápula + Bucha Os Kits de escápula com bucha também são ideais para fixação de elementos de apoio em paredes de alvenaria, pois proporcionam segurança e firmeza nas instalações. Podendo ser utilizados para fazer um local para pendurar chaves e ferramentas. Dispomos de dois tamanhos, bucha M8 e M6.   Kit de parafuso de Vaso Os tradicionais kits de parafuso de vaso incluem a porca calota, a haste, o acabamento que fica aparente no vaso e a bucha. Dispomos eles em dois materiais, inox e latonado, e também em diversos tamanhos. Esses também servem para a instalação de pias, tanques de lavar e em diversos modelos de vasos sanitários.   Veja também o que os nossos clientes acham sobre a Bric: “Após implantarmos a venda dos produtos encartelados nossa venda de parafusos aumentou a agilidade e praticidade na separação do produto deixou nossos clientes e vendedores super satisfeitos além de melhorar visualmente na loja a demonstração do produto minimizados também a perca e furos de estoque que no caso de ser vendido a granel colabora com essa desvantagem, tem sido ótimo trabalhar com parafusos encartelados só nos trouxe vantagens.” Priscila, Mundial Mat. de Construção   "Agilidade no atendimento, poder expor os produtos na gôndola e melhor organização do estoque." Erasmo,  Antunes Mat. de Construção   O que você achou desses produtos? Acredita que irão facilitar a venda na sua loja e sanar as necessidades dos clientes? Estamos abertos para conversar e implementar esse modelo de venda na sua loja.    
11
Jun
2018

Veja o porque nossos clientes optam por vender GOMA Bric

    Olá, tudo bem?   Hoje quero falar mais sobre a nossa linha de produtos encartelados para você. Está fazendo 2 anos que lançamos a linha GOMA Bric e desde então trabalhamos arduamente para conquistar novos clientes e também para convencer alguns deles que esse é um modelo eficaz e rentável para vender pregos, parafusos, buchas  - dentre outras miudezas -. Para mostrar os benefícios da GOMA Bric para você, resolvemos então perguntar para alguns de nossos clientes que estão com a linha implementada o porquê eles optaram por esse modelo/disposição dos produtos. O resultado surpreendente você pode conferir abaixo:   Pergunta: Por que você vende parafusos encartelados na sua loja?   “Preferimos produtos encartelados pela praticidade de organização, produto para auto atendimento. Facilitando a venda dos nossos vendedores” – Robinson,
Ferragem Lorenzet   “Vendemos porque os encartelados além de agregar um valor maior nas vendas, também proporcionam praticidade de estocagem e facilitam o auto atendimento pelos clientes” – Nilton, Depósito Canadá   “A principal vantagem da venda de encartelados é o pouco ou o não envolvimento do vendedor na hora da venda destes produtos (auto serviço), pois isso acabava tomando muito tempo dos atendimentos, tornando-se custo operacional em que não conseguíamos agregar valor, já que os itens avulsos tinham preços muito insignificantes apesar do mark-up alto. O estoque de encartelados também é mais fácil de ser controlado do que o dos produtos vendidos avulsos. Atualmente os parafusos e fixadores ficam expostos na loja, aos olhos do cliente, podendo criar uma necessidade de compra no momento em que é visto” - Tamyres, Total Com. De Móveis e Mat Constr.   “Optamos por encartelados pelo motivo de ser auto serviço, proporcionando tempo vago aos vendedores para outros afazeres. As vantagens que nos trouxeram foi a otimização do estoque, fácil controle de estoque, pouca ou quase nenhuma perda do material” – Jamir, Figueiredo & Filhos.   “É muito bom, pois vendendo assim é mais viável, melhor custo/benefício, ou seja o cliente sai satisfeito, pois além da qualidade do produto, tem uma visibilidade melhor, mais praticidade e melhor organização” – Alex, Ivanir Rampanelli. "Estamos contentes com essa linha pois nos ajuda muito na rapidez e na agilidade no atendimento. Antigamente na venda de 10 parafusos e 10 buchas perdíamos muito tempo.. hoje o cliente escolhe ou seja, se auto atende. E outro situação é organização dos produtos na gôndola , conseguindo um aproveitamento 100% onde no avulso era quase impossível! Isso reflete, até mesmo na lucratividade!" - Rodrigo Krueger, Bortolato Materiais para Construção Após ler esses feedbacks gostou e ficou com vontade de estudar o assunto para implementar na sua loja? Converse com um de nossos vendedores que ele sanará todas as suas dúvidas!  
28
Mar
2018

Saiba quais são os principais tipos de pregos e parafusos

    O mercado da construção civil está repleto de novas tecnologias e metodologias de trabalho. Entretanto, alguns materiais não saem das rotinas dos profissionais dessa área de atuação, e os pregos e parafusos são bons exemplos disso, sendo considerados campeões de venda. Graças a eles, é possível fixar elementos e garantir a estabilidade de estruturas. Por isso, com o passar do tempo, eles foram aprimorados e ganharam novas formas, versões e utilidades. No post de hoje, mostraremos os tipos de pregos e parafusos que são indispensáveis para uma loja de materiais de construção, bem como suas funcionalidades. Aproveite as nossas dicas e as aplique em seu negócio!   Conheça os principais tipos de pregos   O prego é um elemento de corpo cilíndrico com cabeça em dois formatos e é utilizado para travar madeiras. A carpintaria é a área em que eles mais aparecem. As lojas de 
materiais de construção apresentam várias opções de pregos em seu estoque. Desse modo, a fim de atender às demandas do mercado e ofertar produtos de qualidade, é necessário conhecer as necessidades de seus clientes e os objetivos de seu empreendimento. Abaixo, listamos alguns tipos de pregos:   Prego com cabeça O prego com cabeça é o exemplo mais utilizado pelo mercado. A construção de casas, a confecção de estruturas de madeira, as atividades domésticas e a marcenaria fazem uso de seus benefícios e facilidades. Ele tem o corpo cilíndrico e sua cabeça tem o diâmetro um pouco maior. Assim, eles são utilizados para trabalhos mais grosseiros, pois deixam “marcas de cabeça” na madeira e são constituídos de metais menos nobres ou com tratamentos térmicos pouco rigorosos, evidenciados pela rápida oxidação desses fixadores quando expostos ao meio externo. Devido a isso, seu custo também é reduzido sendo comumente comprado por quilo e não por unidade ou centenas de pregos.   Prego sem cabeça O prego sem cabeça tem comprimento preciso e acabamento polido. Desse modo, ele não mancha a madeira e não suja a mão de quem o manuseia. São indicados para trabalhos mais delicados ou que envolvem acabamentos, como móveis, janelas, guarnições e rodapés. Como ele possui uma considerável precisão dimensional, fornece a quem o manuseia uma boa estabilidade, entrando facilmente nas peças que se deseja unir. Outra vantagem é que eles não deixam marcas na madeira e não ficam sobressalente na superfície como os pregos com cabeça, sendo fácil escondê-los.   Prego de cabeça dupla O prego de cabeça dupla tem fácil arranque e não danifica a madeira em que é fixado. Assim, com o seu uso, é possível eliminar as etapas de fechamento de fôrmas. Sua principal característica é que ele não é completamente “enterrado” na madeira. O operador bate com o martelo até que a primeira cabeça encoste na superfície da peça. Na construção civil há várias ocasiões que eles são bem-vindos, especialmente nas estruturas temporárias, que precisam ser montadas e desmontadas rapidamente, como escoras de lajes, aprumadores, caixarias e outros.   Prego galvanizado O prego galvanizado é resistente à corrosão, o que garante maior durabilidade e uso em ambientes externos da construção civil. Além disso, a bricolagem e os móveis especiais também levam esse modelo, para ter mais segurança e estabilidade em suas ligações.   Prego telheiro Indicado para fixação de telhas de aço, alumínio e fibrocimentos. Pode ser usado também na instalação de folhas de zinco. Fixam peças onduladas com até 39 mm linear entre o vale e o pico das folhas e faz um furo de no máximo 5 mm, o que não prejudica estruturalmente o material. Sua cabeça é relativamente maior que os pregos convencionais, sendo constituída por uma espécie de “arruela côncava” soldada na extremidade do prego. Um aro de vedação emborrachado com o mesmo diâmetro da cabeça sela o furo de abertura, evitando vazamentos. Na outra extremidade, a ponta do prego é espiralada para ajudar na fixação. Todo corpo cilíndrico do prego é galvanizado, prolongando sua vida mesmo sobre a ação do clima.   Pregos para taco Utilizado para ancoragem de tacos e batentes. Possui o corpo liso e o acabamento polido. Sua principal característica está no formato de sua cabeça que combinado com o corpo se assemelha a um “L”, permitindo melhor fixação por ter uma área de contato da cabeça com a superfície maior que os pregos convencionais.   Pregos quadrados Possuem a cabeça redonda e o corpo quadrado. São normalmente utilizados para construção de decks de piscinas, piers e cascos de embarcações. Seu formato não permite que a madeira “trabalhe” e se solte. Por ser geralmente utilizado em locais úmidos, ele passa pelo tratamento de galvanização a fogo, o que o torna resistente à corrosão.   Pregos ardox Sua extremidade tem o formato de uma broca. Isso ajuda na penetração e dificulta o arranchamento do prego. Sendo assim, ele é utilizado em madeiras duras, pallets e suportes de madeira.   Pregos anelados Usa-se pregos anelados em madeiras macias, pois, ele possui melhor adaptação às fibras da madeira, o que dificulta a sua remoção. Dessa forma, recomenda-se usá-lo em pallets, embalagens, móveis ou madeiras de menor densidade.       Descubra os principais tipos de parafusos   Os parafusos são amplamente utilizados por diversos equipamentos existentes hoje em dia. Eles são formados por um corpo cilíndrico roscado e uma cabeça que pode ter vários formatos. Esses objetos tão simples são extremamente versáteis, sendo utilizados para a fixação de peças de motores de aviões ou até tampas de brinquedos eletrônicos. Abaixo vamos explicar um pouco sobre os mais usados na construção civil:   Parafuso chipboard Tem a cabeça cônica, rosca autoatarraxante e tratamento de bicromatização dando uma ótima resistência à corrosão. É muito utilizado em madeira. O perfil de rosca especial permite uma aplicação com menor deslocamento de material, minimizando o risco de trincar ou expandir a madeira. Além de evitar o escape lateral da chave, torna a montagem mais rápida e elimina o risco de arranhar o móvel. No ramo da construção civil, são muito utilizados para a fixação de caixilhos de portas e esquadrias de janelas fabricadas em madeira, fixação de dobradiças e rodapés. Podem também ser utilizados com buchas de nylon ou plástica para fixação de objetos em paredes de concreto e alvenaria. Hoje é o parafuso mais vendido nas lojas de material de construção, devido a sua versatilidade de utilização, ou seja, pode ser aplicado com bucha ou diretamente na madeira.   Parafuso sextavado rosca soberba Tem a cabeça sextava, rosca soberba e tratamento zincado. Sua principal utilização é para a aplicação na madeira, porém, atualmente é também muito utilizado em concreto com buchas de nylon ou plástica, para a fixação de suporte para televisão, por exemplo. Também são muito utilizados na fixação de portais, cercas e portões. Devido a sua cabeça sextavada, são parafusos ideais para garantir segurança e confiabilidade nas instalações mais pesadas, pois confere grande torque na aplicação.   Parafuso dry-wall ponta agulha O parafuso ponta agulha tem a rosca cortante, além de ser cementado, temperado e revenido com excelente acabamento zincado branco. A fixação de revestimento externo é em PVC — Siding. O parafuso dry-wall com a ponta agulha fura e fixa a placa de gesso em perfil metálico leve em uma só operação. Tem grande venda nas lojas de material de construção devido à utilização na instalação de forros de PVC, tornando popularmente conhecido como "parafuso de forro".   Parafuso de vaso Esses parafusos possuem dois tipos de rosca, na sua cabeça há a rosca máquina para aparafusar a porca calota (é a parte que fica aparente quando olhamos a base do vaso sanitário). Na outra extremidade possui rosca soberba para ser utilizada com bucha plástica (essa é a parte que vai ser fixada no chão). São parafusos confeccionados para fixação principalmente de vasos sanitários. Podem ser fabricados em três materiais: aço latonado (opção mais barata), latão e aço inox(opção mais cara). Os parafusos são encontrados em três bitolas:
  • bucha 8 mm: muito utilizado para instalar pias de cerâmica;
  • bucha 10 mm: é a bitola mais utilizada para instalar vaso sanitário;
  • bucha 12 mm: utilizado para instalar tanques cerâmicos.
  •   Parafuso Autobrocante Esses parafusos podem ser encontrados com cabeça sextavada ou cabeça chata philips. São parafusos diferenciados, pois possuem uma broca na ponta eliminando a etapa de furar antes de colocar o parafuso. São muito utilizados na instalação de perfis de alumínio, fachadas de ACM, obras de steel frame etc. Os parafusos autobrocantes conferem muita produtividade, uma vez que eliminam a etapa de pré-furo.   Como você percebeu, existem vários tipos de pregos e parafusos no mercado. Desse modo, a fim de atender as demandas de seus clientes, você conheceu suas diferenças e utilidades e agora está pronto para prestar um serviço de qualidade. Gostou de saber quais fixadores são indicados para sua obra ou empreendimento? Então entre na nossa loja virtual e conheça agora nossa linha completa de pregos e parafusos!
    22
    Fev
    2018

    Conheça os principais tipos de buchas e suas aplicações

          Quem nunca teve vontade de pendurar o tão sonhado diploma na parede ou então precisou 
    instalar o suporte para receber aquela TV novinha em folha? Para essas e outras tarefas como a instalação de prateleiras, suportes e quadros, é necessário escolher a bucha de fixação adequada para realizar uma montagem correta e segura. A bucha é um item complementar aos parafusos e tem como função dar fixação e aderência. Dentro desse artigo iremos abordar 3 tipos de buchas dentre as mais comuns, como devem ser feitas as suas instalações e quais são os locais mais indicados para realizá-las.   Quais tipos de buchas escolher?   Embora a maioria das pessoas não saiba, há importantes variações quanto ao uso das buchas. Cada tipo serve especificamente para uma determinada aplicação, trazendo maior qualidade para a fixação. Quando o consumidor procura por uma bucha "comum" (de plástico), entender o que ele quer fazer com ela e indicar o item mais adequado é um grande diferencial para o atendimento da sua loja. Para efetuar uma boa escolha é importante conhecer bem dois fatores. O primeiro é o local de fixação, também conhecido como base de ancoragem. Alguns exemplos de locais nos quais as buchas costumam ser fixadas são:      - Tijolo oco ou Bloco de concreto;  - Concreto ou Tijolo maciço;  - Divisórias em geral;  - Forro de gesso;  - Drywall;       O tipo indicado de bucha depende diretamente da base em que ela será ancorada. Avalie, agora, um segundo fator: a carga máxima que será suportada. Esse aspecto também é determinante para fazer a escolha certa. Ambos os fatores não devem ser negligenciados, pois, é preciso garantir que a montagem possua uma boa fixação e não cause danos e avarias à parede. Além disso, há motivos de segurança que devem ser observados para que ninguém se machuque com a possível queda de um objeto. Confira os tipos de buchas mais comuns no mercado, bem como as suas aplicações e nunca mais erre na hora de indicar o melhor tipo de bucha para o serviço do seu cliente!     Buchas S   As Buchas S são o tipo mais comum. A sua aplicação é realizada em paredes de concreto, alvenaria, tijolo maciço e placas pré-moldadas, por esse motivo são bem conhecidas. Para que a instalação seja efetuada corretamente deve-se realizar o furo na parede de acordo com especificação contida na base da bucha, ou seja, se na bucha está escrito o número 6, deve-se utilizar a broca de 6mm para perfurar a parede. Após essa etapa basta inserir a bucha e apertar o parafuso até que esteja bem fixado. No mercado elas são encontradas em dois formatos, com e sem aba. A aba nada mais é do que um anel que limita a entrada da bucha na parede, evitando perder a bucha dentro do furo já feito. Bucha S sem aba Bucha S com aba     Buchas FU   Também possuindo uma ampla aplicação, esse tipo de bucha pode ser empregado em tijolos vazados, perfurados ou maciços, em concretos ou concretos celulares, em placas de gesso acartonado e outras paredes que possuam uma espessura maior do que 6 mm. Entre as aplicações possíveis estão trilhos de cortinas, prateleiras e toalheiros. Assim como indicado nas buchas S, o mesmo processo de instalação é realizado aqui. Basta que se realize o furo de acordo com a especificação da bucha, a introduza e em seguida dê o aperto necessário no parafuso garantindo a fixação.         Buchas de expansão   Diferentemente da bucha anterior, nesse caso o parafuso já vem pré-montado na bucha. Em sua instalação basta realizar o furo, inserir a bucha e realizar o aperto no parafuso. Quando se aplica o aperto no parafuso as “abas” da bucha se expandem e realizam a fixação junto à parede. O uso dessa bucha é recomendado em drywalls, forros de gesso, divisórias em geral e placas de fibra. No entanto, a instalação em drywall pode ser um pouco mais complicada, por isso, sugerimos que você consulte um passo a passo mais detalhado.       Bucha metálica expansiva   A principal diferença, além de uma maior resistência, entre a bucha metálica expansiva e a de expansão, reside no material a partir do qual ela é produzida, qual seja, o metal. Esse tipo de bucha é muito utilizado em divisórias, sendo de fácil manuseio. É ideal para tetos de gesso, chapas em arco, placas de fibras prensadas ou aglomeradas, placas de gesso com fibras e placas maciças, como a de lã vegetal em aço.       Bucha para parede seca (dry-wall)   Mais conhecidas como buchas para drywall, elas se dividem em 3 categorias: bucha basculante, bucha de expansão (citado acima) e bucha-parafuso. Como o drywall não usa argamassa, as buchas servem de auxílio para o suporte de peso. As buchas-parafuso são indicadas para suportar 15 kg, enquanto as de expansão suportam 30 kg e as basculantes podem aguentar até 50 kg. Mesmo sendo recomendadas para prover essa sustentação no drywall, também são aplicáveis em estruturas de gesso.   Bucha de expansão Bucha parafuso Bucha basculante         Buchas longas de nylon   As buchas de nylon conferem mais durabilidade em comparação com as de plástico. Além de mais resistentes, elas apresentam maior capacidade para suportar peso, sendo uma opção superior em relação às buchas de polietileno. Se você precisa fixar algo em uma superfície oca ou, ainda, em uma rede de tijolos disposta lateralmente, as buchas longas de nylon são as mais indicadas.     Outras buchas e aplicações   Existem, ainda, alguns tipos de buchas que, a despeito de mais raras nas aplicações do dia a dia, têm uso específico. É o caso de buchas que são usadas apenas em certos tipos de parafuso, como o cabeça de panela ou os de cabeça chata. As buchas abertas com mola também merecem ser citadas, pois são ideais para suspender objetos no forro. Para pendurar objetos mais pesados, as buchas com gancho são mais indicadas. Pensando na durabilidade e resistência das peças, é crucial não adquirir buchas que não apresentem níveis mínimos de segurança. Nesse sentido, as buchas de plástico devem ser dispensadas, priorizando, sempre, o uso daquelas que são feitas de nylon. O plástico, por sua vez, é um material menos denso. Basta colocar buchas de ambos os materiais na água para sentir a diferença: as de plástico flutuam enquanto as de nylon afundam. Lembre-se: escolher pelo material mais adequado faz toda a diferença.     Buchas de qualidade   Há todo um universo de aplicações em relação aos diferentes tipos de bucha. Para não errar na escolha, mantenha a cautela, respeitando sempre as informações fornecidas pelo fabricante. Caso contrário, uma pequena decisão incorreta pode se tornar uma grande dor de cabeça. É importante que as buchas tenham qualidade, portanto, não abra mão de um bom fornecedor. Conhecer de onde vem o seu produto é crucial para adquirir itens com durabilidade e resistência. A GOMA disponibiliza todos esses tipos de buchas ensacadas em pequenas quantidades, possibilitando maior organização e agilidade na hora de expor e vender. Gostou do nosso post? Então, conheça os nossos produtos e otimize a sua loja de materiais de construção com as melhores soluções!        
    25
    Jan
    2018

    Afinal, o que é polietileno e quais são suas vantagens

        Existem diversas aplicações para o polietileno. O intenso uso desse produto na fabricação de embalagens flexíveis é um exemplo. 
    Conforme dados da Abflexo, há uma projeção para que até o ano de 2020 exista um crescimento de 5,7% para o mercado desse tipo de embalagem. Por isso, sabe-se que temos no polietileno uma das matérias-primas mais utilizadas em diversos setores, inclusive o industrial. Mas você conhece as características desse termoplástico? As suas variações? Sabe, de fato, o que é polietileno?  Então, continue a leitura do nosso artigo até o final para esclarecer as suas dúvidas. Acompanhe!   O que é polietileno? Esse polímero é termoplástico, ou seja, pode ser fundido a um líquido e depois reformado, retornando ao estado sólido. A sua síntese tem origem no etileno. Um composto obtido do petróleo ou de gás natural.  Diversos produtos são feitos com o polietileno. Embalagens, filmes plásticos, espumas e as famosas garrafas plásticas. Além disso, existem inúmeras combinações que podem mesclar propriedades desse polímero com outras matérias-primas.   Quais as vantagens desse produto?  Existem inúmeros benefícios na utilização desse polímero. Vamos listar alguma das suas principais características que o tornam bastante procurado pelas indústrias e empresas. 
  • É atóxico, ou seja, não é nocivo.
  • Tem alta resistência à tração, tensão e compressão.
  • É impermeável.
  • Bastante flexível.
  • Pode ser utilizado com outros polímeros mesclando características. 
  • Boa resistência a incidência de raios solares, quando comparado a outros polímeros.
  • Essa são algumas das características que fazem com que o polietileno seja empregado em vários produtos do nosso cotidiano.    Como os polietilenos são classificados?  Existem diversas classificações para polímeros originados dos polietilenos. Aqui, vamos demonstrar quais são os principais e as suas características.    Polietileno de Baixa Densidade (PEBD)  É uma versão mais leve e flexível, além de ser transparente e ter uma boa dureza. Máquinas de sopro — aquelas utilizadas para moldar garrafas pet — fazem um amplo uso desse material. As sacolas também são produzidas por esse polietileno de baixa densidade.    Polietileno de Baixa Densidade Linear (PEBDL)  Ao ser comparado com o PEBD, temos uma diferença marcante nas propriedades mecânicas. Ele possui maior dureza e tensão. Os canos utilizados em construções e embalagens de alimentos são objetos fabricados com esse produto.    Polietileno de Alta Densidade (PEAD)  Esse é bastante rígido. Possui resistência a altas temperaturas. Como exemplos de objetos em que ele é empregado, há os frascos, materiais hospitalares, brinquedos, tanques de água. Percebeu como os utensílios possuem maior dureza? Essa é uma das principais características para diferenciá-lo dos outros polietilenos que foram descritos.    A GOMA possui dois produtos fabricado com PoliEtileno de Alta Densidade, são eles: Caixa de Correio Master Caixa de Correio Pop   Polietileno de Média Densidade (PEMD)  Ele é o intermediário entre o PEBD e o PEAD. Então, é esperado que ele compartilhe características comuns aos dois. Seu uso cresceu bastante com os ramos de engenharia. Por exemplo, tubos de distribuição de água e gás são feitos com esse polímero.  Ele possui uma excelente resistência. Assim, os projetos que necessitam de maior rigidez e garantia de não rompimento optam por utilizar esse produto.  Os polímeros estão presentes em vários produtos do dia a dia. Além disso, os plásticos são muito utilizados pelas empresas. Então, também é preciso pensar no seu descarte. Afinal, é preciso construir um mundo cada vez mais desenvolvido, mas que saiba preservar os seus recursos naturais. Nosso artigo conseguiu esclarecer o que é polietileno para você? Então, aproveite para aprender mais e confira o nosso post sobre a reciclagem de plásticos agora mesmo.  
    23
    Jan
    2018

    Conheça os principais tipos de pregos vendidos nas lojas de material de construção!

        Hoje vamos voltar ao assunto dos fixadores mais vendidos nas lojas de material de construção. Conheça os principais tipos de pregos, seus revestimentos e os tratamentos feitos para dar mais resistência mecânica e química a eles.   Para que serve o revestimento? O mercado oferece diversos tipos de pregos, desenvolvidos para aplicação em superfícies variadas. Alguns deles possuem revestimentos e texturas que facilitam sua inserção em materiais mais difíceis, outros possuem acabamentos que melhoram sua aparência e/ou protegem contra elementos naturais diversos, aumentando sua durabilidade e favorecendo a conservação do seu aspecto original. É o caso, por exemplo, dos modelos revestidos em aço inoxidável, que previnem rachaduras quando expostos a ambientes corrosivos, como a água salgada.     Conheça os três principais pregos disponíveis no mercado:   Pregos Polidos: Os pregos polidos são os mais comuns na construção civil. Possuem o menor preço, pois recebem somente o polimento após a sua conformação. Eles são muito utilizados para fazer caixaria de pilares e vigas nas obras de concreto armado tradicional. Esses pregos enferrujam facilmente em função da ausência de revestimentos. O aço fica em contato direto com o ar, ocasionando a rápida oxidação.   Pregos galvanizados: Diferente dos pregos polidos, o prego galvanizado recebe um tratamento superficial para evitar o contato do aço com o oxigênio do ar. Esse tratamento é chamado de galvanização, que consiste num processo eletrolítico que reveste a superfície do prego com outro metal mais nobre. Esse processo tem por objetivo protegê-lo da corrosão, bem como dar um melhor acabamento estético a ele. Resumindo esse processo, os pregos são submetidos a uma sequência de banhos químicos que eliminam as impurezas grudadas no prego, para assim, aumentar a adesão do zinco na superfície de aço do mesmo. Os pregos galvanizados têm uma aparência metálica brilhosa e ótima resistência à corrosão (ferrugem), por isso são muito utilizados em áreas mais úmidas.   Pregos de aço temperado: popularmente chamados de "pregos de aço", essa versão de prego é muito resistente e não entorta ao ser martelado. Normalmente são utilizados para fixar objetos em superfícies de concreto. Esse tipo de prego passa por dois tratamentos: a têmpera, onde eleva-se o aço a uma temperatura maior do que 727ºC (essa temperatura é definida pela liga do aço) e assim que a temperatura desejada é atingida, mergulha-se o aço em água ou óleo em temperatura ambiente, ocasionando um choque térmico no aço e conferindo a ele uma maior dureza. Posterior ao processo de têmpera, temos a etapa do revenimento, que serve para tirar as tensões pontuais que o choque térmico da têmpera deixou no aço. Por último, o prego passa por um banho de níquel, dando a ele uma ótima resistência a corrosão e um acabamento metálico e polido. Devido a todos esse processos, os pregos de aço temperado tornam-se mais caros e são comercializados em pacotes menores.   A linha GOMA Bric oferece pacotes com pregos galvanizados e pregos de aço niquelados. São diversos tamanhos, separados em pequenas quantidades, facilitando o manuseio nas lojas de material de construção.
    GOMA Bric - Pregos galvanizados GOMA Bric - Pregos de aço niquelado    
    19
    Dez
    2017

    Descubra como é feito um parafuso

        Indispensáveis em qualquer tipo de obra e presentes na maior parte das invenções humanas, os
    parafusos fazem parte do dia a dia e facilitam a vida de muita gente. De tamanhos diferenciados e com objetivo de fixação em vários objetos — de celulares a vigas metálicas —, eles estão por todos os lados, mas nem sempre recebem a devida atenção. Para ficar por dentro do assunto, elaboramos este post com a seguinte reflexão: você sabe como é feito um parafuso? Acompanhe o post e fique bem informado!     Qual é a história do parafuso? Apesar da existência de várias versões, a mais antiga sobre a origem do parafuso remete ao inventor grego Arquitas de Tarento, em 400 a.C. Foi ele quem desenvolveu o objeto para prensas voltadas à extração de azeite de oliva e também para a produção de vinho. No entanto, como o parafuso sempre teve mil e uma utilidades, diversas personalidades criaram utilizações diferenciadas. Podemos citar Arquimedes, em 250 a.C., com o desenvolvimento da rosca direcionada à construção civil. Rústicos instrumentos cirúrgicos contaram ainda com o auxílio de parafusos e até mesmo a criação da impressora, por meio de Johann Gutenberg (o pai da imprensa), teve a participação dos parafusos. No entanto, quem teve a audácia de criar uma máquina para produção do parafuso foi o matemático francês Jacques Besson, em 1568. A partir daí, o objeto não parou mais de ser utilizado em diferentes funções, como em armas de fogo.     Como é feito um parafuso? Quando o assunto é parafuso, quase toda pessoa já sabe como é a forma do objeto, mas você sabe como ele é feito antes de ser empregado na construção civil, marítima, comercial, entre tantas outras? A elaboração de um parafuso, rosca e porcas passa por um processo complexo que começa com um método chamado forjamento ocril. As matrizes passam por alta pressão ao longo de 30 horas com o objetivo de amaciar o aço e depois por banhos de ácido sulfúrico, com o intuito de remover sujeiras. Na sequência, eles são forçados em roletes a mais de 300 ºC, nos quais as porcas são processadas a 500 ºC, tornando-as mais maleáveis. Depois, são resfriados em óleos para elevar a resistência, passando por um rígido controle de qualidade que especifica os diferentes tipos e tamanhos.     Quais são os principais tipos de parafusos? Em um extenso mercado que atende todas as áreas do conhecimento humano, os parafusos têm indicações de acordo com suas especificidades. Os pitões, por exemplo, são úteis em superfícies de madeira, como na construção civil. Já o escápula é ideal para pontos sólidos, como blocos, tijolos e forros. O gancho é recomendado para decorar qualquer ambiente, sendo excelentes em casas, como na fixação de portas e paredes. No vasto universo dos parafusos, podemos citar ainda o chipboard, para madeiras leves e aglomerados. É na indústria moveleira que ele ganha maior utilidade. Agora que você já sabe como é feito um parafuso, esse produto tão comercializado em lojas de materiais de construção, nada melhor do que fazer a escolha certa para cada tipo de necessidade.     Para continuar por dentro do mundo da construção civil, assine agora mesmo a nossa newsletter e receba conteúdos exclusivos!
    29
    Nov
    2017

    LANÇAMENTO! Parafusos Auto Brocantes

        Hoje apresentarei um produto sensacional que é novidade na linha GOMA Bric e GOMA Pro. Ele foi muito solicitado por nossos clientes, são os Parafusos Auto Brocantes.   Ele é um parafuso versátil e que da alta produtividade para quem utiliza, por esse motivo, vem sendo cada vez mais procurado nas lojas de materiais de construção e agora irá integrar nossa linha de encartelados.   Especificações técnicas: Material Aço Baixo Carbono 1014 Tratamento: Cementado, Temperado e Revenido Zincado Branco Anel de vedação de Borracha de Etileno-Propileno-Dieno (EPDM)     Como o próprio nome já diz, o parafuso auto brocante acompanha uma broca na ponta, ou seja, ele também realiza a função de furar o material. Essa característica, na grande maioria dos casos, elimina o uso de broca no processo.   O grande diferencial do Parafuso Auto Brocantes é sua capacidade de perfurar, atarraxar e vedar (opções com arruela) em uma única operação. Tais propriedades o fazem um fixador completo para diferentes aplicações.   Esse fixador tem grande utilização na construção civil para fixar:  
  • Estruturas e peças metálicas;
  • Coberturas e telhas;
  • Placas de gesso acartonado;
  • Paredes divisórias;
  • Chapas e perfis metálicos;
  • Junção de madeiras com aço e alumínio;
  •   Apesar de ser um parafuso mais caro, devido ao processo de fabricação, ele da muita produtividade e por isso é muito utilizado por profissionais. Veja as principais vantagens desse fixador:   Principais Vantagens:  
  • Perfura, atarraxa e veda em uma operação só.
  • Excelente vedação.
  • Suporta parafusadeiras de alto torque e baixa rotação.
  • Ótima para fixar telhas metálicas.
  • Excelente eficácia em estruturas e peças metálicas.
  •     Na GOMA disponibilizamos esse tipo de parafuso em duas linhas GOMA Bric (pacotes com 10 parafusos) e GOMA Pro (pacotes com 100 parafusos). Nos seguintes tamanhos: Parafuso Auto Brocante Cabeça sextavada: Tamanhos:
  • 12 x 3x4"
  • 12 x 1"
  • 12 x 1.1/2"
  • 12 x 2"
  •   Imagem: Parafuso Auto Brocante Sestavada GOMA BRIC   Na opção de Dry-wall, Parafuso broca com cabeça chata phillips. Tamanho:
  • 4,2 x 13
  •     Imagem: Parafuso Drywall Ponta Broca GOMA BRIC   Este, bastante utilizado para fixar forros de PVC, faz parte da linha GOMA BRIC e vem em pacotes com 100 unidades. Ambos produtos você pode colocar em nosso expositor de produtos GOMA BRIC e GOMA PRO     Imagem: Expositor de produtos GOMA     CONHEÇA VANTAGENS EM TER UM EXPOSITOR DE PRODUTOS  
    09
    Nov
    2017

    Goma BRIC vs Goma PRO

        Você já conhece nossa linha de encartelados, mas qual será a principal diferença entre elas? Hoje irei explicar sobre as linhas GOMA Bric e Pro, aqui você vai entender como surgiram as linhas e suas peculiaridades. Vamos lá?     GOMA BRIC A linha
    GOMA Bric, vem da junção do nome GOMA com a abreviação de Bricolagem que é o ato de faça você mesmo. O objetivo dessa linha é atingir aquele público mais de fim de semana que precisa fazer um reparo em casa ou até mesmo está se aventurando em um projeto de carrinho de rolimã para o filho. Esse cliente do material de construção procura poucas quantidades de parafusos, buchas, ganchos, rebites, etc. Ele também quer agilidade, entrar na loja, encontrar o que veio comprar e logo sair. Pensando nesse comportamento elaboramos um expositor para que todos esses produtos fiquem organizados facilitando a procura do produto desejado.         Assim que começamos a implementar o GOMA Bric em alguns clientes surgiu um problema: Como atender os clientes mais profissionais que querem comprar uma maior quantidade de parafusos? Por estar comprando em maior quantidade ele quer pagar um preço melhor e por ser um profissional está sempre a procura de redução de custos.     GOMA PRO Foi dessa demanda que surgiu a linha GOMA Pro. Pacotes de parafusos, buchas, rebites, etc, em maiores quantidades. Todos os itens catalogados, com códigos de barras e quantidades exatas em cada pacote, para evitar de todas a maneiras a contagem de parafusos dentro do material de construção. Diferente do GOMA Bric, a linha GOMA Pro tem como objetivo atingir profissionais autônomos, marceneiros, instaladores de ar condicionado, instaladores de alarme, enfim, todos que querem comprar uma quantidade maior de parafusos, buchas, rebites, etc, pois utilizam sempre no dia-a-dia.   Na linha Pro também contamos com uma maior diversidade de tamanhos dos parafusos, sabendo que o profissional procura algo mais específico e alguns milímetros fazem toda a diferença na instalação. As duas linhas são complementares e foram desenvolvidas para que o lojista de material de construção tenha uma melhor organização dentro da loja e consiga atender bem todos os seus clientes.  
  • Veja as vantagens do uso dos encartelados em sua loja
  •   Batemos sempre na tecla e até criamos um conteúdo falando sobre isso (link a cima) de que a venda de itens pequenos a granel é muito ineficiente pois o controle e organização são complicados acarretando em perdas, quebra de estoque e muito tempo do vendedor contando atrás do balcão. Outra grande vantagem é ter um mix de produtos que realmente giram. Nós fizemos uma pesquisa prévia dos produtos que mais vendem e oferecemos somente o que acreditamos ser necessário para loja.     Espero que tenham gostado, forte abraço e até a próxima!    
    25
    Out
    2017

    Parafuso Chipboard: Saiba tudo sobre o parafuso mais vendido nas lojas de material de construção

        Dando continuidade aos nossos posts sobre fixadores em geral, vamos começar a nos aprofundar mais nos tipos que foram explicados anteriormente nos seguintes posts:   Confira:
  • Saiba quais são os principais tipos de pregos e parafusos
  • Conheça os principais tipos de buchas e suas aplicações
  •   Com esses conteudos queremos levar mais informações ao lojista de material de construção para que ele tenha mais informações e autoridade na hora de vender. O texto foi escrito pelo nosso colaborador William, formado em Eng. Mecânica. É ele que está a frente das compras e seleção de fornecedores da GOMA.     Parafuso Chipboard   Especificações técnicas:
  • Material Aço Baixo Carbono 1014
  • Tratamento Termo-Químico de Cementação
  • Zincagem Eletrolítica com Passivador Amarelo.
  •   Embalagens:
  • Goma BRIC ->  Embalagem 04pcs a 20pcs: http://www.goma.ind.br/produto/1/kit-parafuso-chipboard-bric
  • Goma PRO ->  Embalagem 100pcs: http://www.goma.ind.br/produto/1/kit-parafuso-chipboard-pro
  •   Esse é, sem dúvidas, o parafuso mais vendido nas lojas de materiais de construção. Utilizamos ele em várias aplicações mas como vamos ver no decorrer do texto ele, inicialmente, foi desenvolvido para utilizar em madeira.   Seu nome comercial Parafuso Chipboard é devido a palavra "Chipboard", que vem da língua inglesa, significar aglomerado. O nome entrega sua principal aplicação: madeiras leves e aglomerados. Este é o nome mais usual deste parafuso, porém, existem empresas que costumam dar nomes próprios para este tipo de fixador. (Ex.: Mitofix, Jomarfix, Superfixer, chip-fix, etc)   Por ter sido desenvolvido para atender a indústria moveleira, o Parafuso Chipboard possui propriedades únicas que o fazem  ter características especiais uso em madeira. O tratamento químico de cementação,  deixa a alma do fixador maleável e sua superfície mais dura, com isso ele consegue perfurar a madeira de maneira mais precisa e sem danificá-la.   Esta maleabilidade também permite resistir grandes cargas, eliminando o risco de quebra. Isso proporciona uma maior durabilidade e qualidade do produto final, uma vez que necessita de menos manutenção e trocas de fixadores.   Vale ressaltar que quanto maior a frequência de parafusar e desparafusar o fixador as chances de afrouxamento e desgaste na peça são maiores.   A grande maioria dos móveis possuem acabamentos delicados que necessitam fixação com parafusos, no entanto, outros fixadores de dureza mais elevada e que não possuem a mesma característica do chipboard, podem danificar a madeira internamente comprometendo a estética e usabilidade do móvel.   O sucesso de vendas desse fixador se dá também por ser um produto barato e que também pode ser utilizado com bucha, apesar de não ter sido desenvolvido pra esse fim.         O que achou desse texto? Nas próximas semanas vamos trazer mais informações sobre outros tipos de fixadores. Conte-nos o que achou pra assim melhorarmos ainda mais nossos conteúdos. Forte abraço, e até a próxima!  
    17
    Out
    2017

    Prepare sua loja para o verão com a GOMA

        Nesse mês de outubro a GOMA está colocando em oferta um item indispensável para a sua loja!   O Minibar é a escolha certa pra quem quer curtir os momentos de lazer de final de ano, com ele:   - É possível manter a temperatura da sua bebida preferida (exatamente igual um cooler) e resfriá-la adicionando gelo no compartimento interno; - Serve bebidas e aperitivos; - Seu peso leve permite transportá-lo com facilidade para praia, casa de amigos, etc; - Monta e desmonta com facilidade   Nosso Minibar é o campeão de vendas do mês de Outubro. Ele possui um preço muito atraente pelo o que oferece, comparado aos coolers tradicionais. E, para melhorar ainda mais, neste mês, estamos dando 10% de desconto!   
    10
    Out
    2017

    Conheça tudo sobre a incrível linha de produtos para área externa da Goma

    Olá!   Você já conhece a linha de produtos GOMA Outside?    Primeiramente, me permita explicar de onde surgiu o nome da linha. Outside, vem do inglês e quer dizer: fora, afora, ou do lado de fora. Por esse motivo, nessa linha, oferecemos todos os nossos produtos que são para utilização na parte externa da casa, ou seja, no seu lado de fora.    
        Caixa de correio Master Nossas tradicionais caixas de correio Master, estão há mais de 10 anos no mercado e tem a qualidade comprovada pelos clientes. Há dois modelos de fixação, sendo um para utilizar na grade e outro na parede. A caixa de correio master está disponível em 4 cores diferentes: amarelo, branco, bronze e prata.   Clique na imagem para abrir o produto em nova aba Foto: Caixa de correio Master (amarelo)     Caixas de correio Inbox Os últimos lançamentos foram as caixas de correio Inbox. Umas das suas principais características são a de ser mais compacta e ter o design bem moderno. A caixa pode ser instalada na grade ou embutida no muro. As Inbox luxo vem com um aplique de ACM na frente, dando um acabamento de aço escovado, espelhado ou preto brilho.   Clique na imagem para abrir o produto em nova aba Foto: Linha INBOX     Caixas de correio Pop Temos também a caixa de correio Pop. Já essa é uma caixa pequena, feita de material reciclado e com o preço bem competitivo. Essa é a caixa que não pode faltar na sua loja, ainda mais pelo perceptível aumento da procura por produtos com materiais recicláveis.   Clique na imagem para abrir o produto em nova aba Foto: Frente e verso caixa de correio POP     Lixeiras de Grade  Outro produto oferecido nessa linha, são as lixeiras residenciais GOMA. Foram desenvolvidas para substituir as lixeiras convencionais que ficam na calçada de casa. O produto é de fácil instalação, suportando 20kg e com um design bonito e arrojado. A lixeira está disponível em 3 cores: na branca, bronze e prata.     Veja no vídeo abaixo:     Espero que tenham gostado do conteúdo. Meu objetivo (e de toda nossa equipe) é manter você informado para nunca faltar nenhum argumento na hora da venda. Caso tenha ficado alguma dúvida, por favor, me escrevam no contato abaixo! Forte abraço.
    13
    Set
    2017

    Sistema TUFA Profissional (Suporte + Esponja)

    O Sistema Tufa é a mais recente inovação no ramo da construção civil. Foi desenvolvido para substituir a tradicional desempenadeira de espuma. Imagem: Desempenadeira de empuma comum     A desempenadeira de filtro para reboco tradicional consegue ser utilizada até gastar toda a esponja. Quando a esponja acaba todo o produto é jogado fora. Isso gera um desperdício de material e um gasto maior com ferramentana obra.   O Sistema Tufa é uma evolução dessa ferramenta pois permite o refil da esponja.
      O sistema TUFA é composto por 2 produtos, o suporte e a esponja. É comprada pela primeira vez completa, ou seja, suporte + esponja. Sugerimos preço de venda nos materiais de construção entre R$ 15 e R$ 18.   Agora é só utilizá-la conforme as desempenadeiras tradicionais, a diferença é que quando um lado da esponja está gasta, você troca pelo outro lado. Quando os dois lados estiverem gastos é só comprar outra esponja. Sugerimos preço de venda de R$ 7 a R$ 10.   Em uma primeira compra a TUFA sai mais cara do que as desempenadeiras tradicionais, porém a medida que vai sendo utilizada e comprando somente a esponja se dilui esse gasto pois a esponja fica mais barata que qualquer desempenadeira.   Clique na figura e veja o vídeo da TUFA sendo utilizada.   A TUFA é um produto versátil podendo ser utilizada em outras situações, listamos algumas que nosso clientes utilizaram e gostaram.    Principais utilizações:
  • Limpeza de vidro;
  • Limpeza do rejunte após a aplicação;
  • Limpeza da borda de piscina;
  • Lavar o carro;
  •          
    11
    Mai
    2017

    Novidade! Linha GOMA Pro

        Sabemos que aí na sua loja você vende para profissionais liberais (instaladores de ar condicionado, eletricista, pedreiro, etc) e que, muitas vezes, eles não querem comprar pequenas quantidades de parafusos, 10 a 20 unidades. Mas o que fazer se eles também não querem comprar a caixa fechada, com 500 a 1.000 parafusos?   Dessa forma, no mês de abril, lançamos a nova linha de produtos chamada GOMA PRO. Nela, por exemplo, temos uma variedade enorme de tamanhos e tipos de parafusos, todos eles em sacos que variam de 50 a 100 unidades, dependendo do tamanho do parafuso. Atendendo a necessidade de quem precisava de uma quantidade maior de itens e não os encontrava na linha
    GOMA BRIC .     Foto: Encartelados Goma Pro   Não podemos esquecer das buchas, nessa linha elas serão vendidas em sacos de 25 a 50 unidades, dependendo também do tamanho.  Novamente para facilitar a vida do vendedor, para que ele não precise ficar contando esses itens atrás do balcão.     O objetivo da GOMA é trazer soluções para sua loja de material de construção vender mais e melhor. Essa linha foi desenvolvida pois alguns clientes pediram. Os parafusos para forro de pvc já são vendidos dessa maneira e são nossos campeões de venda.       Ficou interessado? Faça uma cotação conosco, clique aqui e deixe seu telefone e entraremos em contato.     Guilherme Zanini Sócio Proprietário GOMA
    30
    Mar
    2017

    [REI DAS VENDAS] Prateleiras de vidro

    Estamos lançando essa série de postagens para especificar melhor nossos produtos que são um sucesso de vendas. O intuito de criar essas postagens é de facilitar a vida do comprador ou dono de loja, oferecendo os produtos que mais giram e costumam vender bem. Confira abaixo mais detalhes sobre as 
    Prateleiras de Vidro Goma.   O PRODUTO     São seis modelos diferentes, todos produzidos com vidro de 8mm de espessura e com suporte de zamac cromado, que não enferruja mesmo instalado em locais úmidos como no banheiro. A embalagem de plástico retrátil com uma cama de papelão confere ao produto uma boa visibilidade e presença na gôndola.     Tamanhos e modelos:   Prateleira Reta 10 x 30 cm; Prateleira Reta 10 x 40 cm; Prateleira de Canto Redonda 20 x 20 cm; Prateleira de Canto Redonda 25 x 25 cm; Prateleira de Canto Reta 20 x 20 cm; Prateleira de Canto Reta 25 x 25 cm.     PREÇO E RENTABILIDADE Além de ser um produto que qualidade e que chama atenção na prateleira, tem um preço bem atrativo para o lojista e consequentemente para o cliente final. A prateleira mais barata, 10 x 30 cm pode ser vendida a R$ 23,90 com uma margem de 100% no preço de compra.     TURBINANDO SUAS VENDAS Alguns de nossos parceiros VIP’s conseguem um retorno ainda maior com a utilização de nosso expositor. Grande parte das vendas do varejo é feita por impulso. Com o expositor as vendas aumentam consideravelmente devido ao fato de o produto estar visivelmente exposto ao consumidor. A pessoa entra na loja para comprar apenas um item, mas ao ver o expositor acaba levando algo a mais. Nós da GOMA acreditamos na parceria entre fornecedor e cliente e não cobramos nada pelo expositor. Para saber como solicitar o seu, entre em contato e saiba como ter seu expositor e aumentar ainda mais suas vendas.      

    BUSCAR


    O que você procura?


    ASSINE NOSSA NEWSLETTER

    INSTITUCIONAL

    REDES SOCIAIS

    TODOS OS DIREITOS RESERVADOS. PLATAFORMA MEGYS DESENVOLVIDA POR YDEAL TECNOLOGIA